Halitose ou Mau Hálito

Halitose mau halito ou mau cheiro na boca

Halitose ou Mau Hálito

Escova seus dentes muitas vezes e seu hálito não muda? Você pode estar com halitose.
A halitose é um conjunto de odores desagradáveis que advém da boca, sendo um problema que atinge muitas pessoas. Quase todo mundo pode ser acometido por esse problema em algum momento da vida.
O mau hálito pode ter origem intraoral ou extraoral.

Halitose intraoral (90% dos casos): Como o próprio nome diz, é proveniente da cavidade bucal. O odor desagradável por ser causado pelo acúmulo de placa bacteriana nas cáries, nas bolsas periodontais (espaços entre a gengiva e a raiz dos dentes que se formam na doença periodontal), nas próteses, na língua além do que pode ser associada com hábito de fumar.

Halitose extraoral (10% dos casos): originada fora da cavidade oral, a maioria dos casos é causada por transtornos sistêmicos da respiração, digestivos, doenças hepáticas ou renais, fármacos, regimes, úlceras bacterianas ou fúngicas e necrose oriundas de radioterapia e quimioterapia.

Tratamento da halitose advinda de:

Cáries: Limpeza da cavidade, restauração do dente e orientação de higiene. O profissional deve ter o cuidado para não deixar degraus na restauração, o que poderia causar novamente acúmulo de bactérias e recidiva de cárie e halitose.

Bolsas periodontais: Raspagem profissional da superfície da raíz e orientação de higiene.

Próteses: Limpeza e adequação da prótese para que o paciente consiga higienizar (algumas prótese não possuem espaços suficientes para o paciente passar a escova interdental ou o fio dental) e orientação do paciente para a correta limpeza.

Língua: Orientação de higiene.

Se todas as prováveis causas intraorais foram removidas, um médico deverá ser consultado para investigar o trato digestivo.

O uso de enxaguantes bucais não resolvem o problema, só mascaram por alguns minutos.

Compartilhar:

Comentários no Facebook