Lentes de Contato Dentais

Lentes de contato dentais são lâminas de porcelana que são coladas na parte da frente dos dentes. Em alguns casos, nem é necessário realizar desgastes. Elas podem corrigir pequenos desalinhamentos, cobrir dentes manchados e melhorar a forma. Com isso, conseguimos devolver a beleza do seu sorriso harmonizando-o com seus lábios e rosto. Trata-se de um tratamento rápido e minimamente invasivo. O planejamento estético é realizado no computador.

 

Lentes-de-contato-dentais

 

Lente-de-contato-dental

​​

Planejamento estético no computador

Para os casos de recuperação da estética do sorriso, um planejamento prévio deve ser feito no computador. Ele nos dará informações importantes como:

– Simetria radial (paralelismo do arco superior com o lábio inferior)

– Comprimento dos incisivos centrais (dentes do centro e da frente). Idealmente, esses devem aparecer cerca de 2mm nos homens com o lábio em repouso e cerca de 4mm nas mulheres. Os incisivos centrais são o ponto de partida para todo o resto. Servem de referência para produzirmos um arco dentário harmônico com os lábios.

​– Proporção entre os dentes (as faces visíveis dos dentes devem ir diminuindo conforme caminhamos para o fundo da boca guardando uma proporção agradável, que dê noção de perspectiva).

– Simulação do caso pronto: o paciente poderá ter uma boa noção de como ficará o tratamento.

– Medidas para que o técnico dental saiba quantos milímetros serão necessários acrescentar ou remover no bordo incisal (parte cortante dos dentes anteriores).

– Necessidade ou não de cirurgia na gengiva (quando aparece muita gengiva durante o sorriso, podemos realizar uma cirurgia de aumento de coroa clínica, para aparecer mais os dentes e menos a gengiva).

 

E, após o enceramento teste, são realizados os preparos, a moldagem e confeccionados os provisórios, Na sessão seguinte, as lâminas já são instaladas.


Casos finalizados com lentes de contato dentais

 

Lentes-de-contato-dentais

 

Lentes-de-contato-dentais

 

 Lentes-de-contato-dentais

 

 

Lentes-de-contato-dentais

 

 

Lentes-de-contato-dentais-antes-e-depois lentes de contato dental antes e depois

 

 

Lentes-de-contatos-dentais-antes-e-depois

 

 

Lentes-de-contato-dentais-antes-e-depois

Lentes-de-contato-dentais-antes-e-depois

 

 

Lentes-de-contato-dentais

 

Lentes-de-contato-dentais

 

 

  

Considerações a respeito da reportagem da revista Veja São Paulo

sobre lentes de contato dentais

Gostaria de comentar algumas incorreções sobre a reportagem da Veja São Paulo sobre lentes de contato dentais e que estão presentes também no site mude.nu

Primeiro: as lâminas de porcelana não são feitas com com impressoras 3d, são feitas com o sistema Cad Cam, injetadas e depois pintadas ou artesanalmente (através da aplicação manual camada por camada de um pó de porcelana que, após atingir a forma desejada, é colocado em um forno que atinge altas temperaturas para unir os grãos).

Segundo: elas raramente têm de 2 a 5 mm de espessura, como disse a reportagem, elas têm, na grande maioria das vezes, de 0,5 a 1,5 mm.

Terceiro: foi dito que “as mais finas não precisam de desgaste ósseo”. Na verdade, as mais finas, muitas vezes, não precisam de desgaste dentário.

Aproveitando a oportunidade, gostaria de comentar também que se deve ter um cuidado muito grande com o planejamento e execução deste tipo de tratamento para que o resultado do sorriso não fique muito artificial, ou seja, dentes muito grandes, muito brancos, muito retangulares e o arco dentário muito reto. Deve se ter uma sensibilidade estética para tentar reproduzir a natureza de forma que o sorriso fique natural, belo, harmônico e com cor e forma adequadas.


Lente de contato dental, antes e depois em famosos

 

            

          

         

         

        


Perguntas feitas na internet sobre lentes de contato dentais

 

1 – Quais alimentos devem ser evitados para não manchar as lâminas de porcelana?

Nenhum. As lâminas de porcelana são impermeáveis e muito estáveis em termos de cor, brilho, e textura superficial, elas não mancham com alimentos, não desgastam nem perdem o brilho com a escovação ao contrário do que acontece com as facetas de resina.

 

2 – Eu uso facetas de canino a canino, posso substituir por lentes de contato dentais?

Se suas facetas são de porcelana e estão bem adaptadas e você está satisfeito com a estética, não há motivo nenhum para substituí-las, mesmo porque lentes de contato dentais são facetas de porcelana mais finas, os materias utilizados na confecção são exatamente os mesmos. Agora, se o que você tem são facetas de resina e estão manchadas, sem brilho, com forma inadequada, com as margens fraturadas e com infiltração, aí sim, você deve trocar por lâminas de porcelana.

 

3 – Tenho uma restauração bastante grande no dente da frente, posso trocar por lente de contato dental?

Teríamos que avaliar clinicamente o que restou de dente para decidirmos a melhor opção de tratamento. Se você possui uma restauração grande, provavelmente o que será feito não será uma lente de contato, será uma restauração de porcelana ou, dependendo do grau de destruição, tratamento de canal, pino de fibra de vidro e coroa metal free que é um dente de porcelana sem metal (para não causar manchamento na gengiva e para conseguirmos uma perfusão melhor da luz, já que não possui metal e este bloquearia a passagem da luz). Com esse tipo de prótese conseguimos uma naturalidade superior.

 

4 – Eu tenho restauração pequenas nos dentes da frente, posso usar lentes de contato dental?

Se você está insatisfeita com seu sorriso, sim.

 

5 – Quem tem fluorose pode usar lentes de contato dentais?

Sim.

 

6 – Qual é a diferença entre lente de contato dental, lâminas de porcelana e facetas de porcelana?

Praticamente nenhuma, são nomenclaturas diferentes para praticamente a mesma coisa, falo praticamente porque o termo lentes de contato dental é mais usado para os casos onde o desgaste é mínimo ou inexistente e a espessura da lâmina é mais fina.

 

7 – Quais cuidados devo ter após a instalação das lentes de contato dentais?

Após cimentadas, as lentes de contato dentais são muito resistentes, porém menos resistentes que dentes naturais saudáveis, portanto, deve se evitar abusos, obviamente nunca abrir tampas de garrafas apoiando nas lâminas, ter cuidado com alimentos muito duros e caroços.

 

8 – Se estou planejando fazer clareamento, devo fazer antes ou depois das lentes de contato dentais?

Antes.

 

9 – Posso fazer coroa de porcelana em um dente e lente de contato em outro?

Sim, só que neste caso é melhor primeiro fazer a lente de contato dental e depois a coroa de porcelana. Os efeitos ópticos que os olhos percebem em uma lente de contato cimentada são menos difíceis de se reproduzir na coroa do que o contrário, já que o técnico tem uma espessura maior de material para trabalhar.

 

10 – Tenho uma coroa de porcelana feita sobre um implante dentário que não está muito bonita, posso fazer uma lente de contato dental sobre ela?

Não. A coroa deve ser refeita.

 

11 – Gostaria de saber onde posso realizar a nova técnica de lentes de contato para os dentes, não são as tradicionais facetas de porcelana, elas são menos invasivas.

Muitos consultórios odontológicos no Brasil realizam esse tipo de procedimento. Faça uma pesquisa antes sobre o profissional, veja fotos de antes e depois de casos que ele fez antes de iniciar o tratamento. Só para esclarecer, nem sempre é possível fazer as lentes sem desgastes. Dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço. Se os dentes estiverem para frente ou forem grandes, eles ficarão ainda mais para frente ou maiores depois da cimentação das lâminas. As vezes, com medo de desgastar um pouco, o trabalho acaba não ficando bom. Veja os casos de artistas que ficaram “dentuças” porque não quiseram desgastar nem um pouquinho os dentes.

 

12 – Gostaria de fazer clareamento dentário, mas tive 3 dentes quebrados até a metade que foram restaurados com resina na cor do meu dente. Gostaria de saber se nestes dentes também é possível fazer o clareamento, se vai ter que usar as lentes.

Os procedimentos para o seu caso seriam na seguinte ordem: clareamento (os dentes com resina não clarearão), tratamento dos canais dos dentes fraturados (se realmente fraturaram no meio), confecção de núcleos nestes dentes e coroas de porcelana. Não é recomendável fazer fragmentos de cerâmica em dentes com grandes fraturas.

 

13 – Qual a durabilidade das lentes.

Se não sofrer impacto por algo com alta dureza, 10 anos ou mais.

 

14 – Gente, o meu dente era lindo quando era pequena,ai depois eu comi uma bala super dura q arrancou os meus primeiros dentes antes da hora e eles eram junto e nasceram separados pra caramba,e eu descuidei e ele saiu uma camada de esmlte logo nesse dente de cima os primeiros,e ta amarelo com a parte do esmolte funda e um branco meio cinza,tem os dentes caninos que ta muito lá em cima,pq quando ele tava mole eu tava com medo de arrancar ai tava nascendo outro por cima ai minha mae falou q so ia ver meus dentes e arrancou agora ta essa coisa feia,tenho medo de sorrir quando dou risada coloco a mão na boca,não tiro fotos rindo só seria mesmo e morro de vontade de ter um sorisso bonito,eu sou linda d+ mais eu só com boca fechada pq aberta ta ruim,vcs acham q defvo colocar aparelho,e como recuperar o esmalte dos dentes em beijos.

Todo caso deve ser avaliado clinicamente, ou seja, com a presença do paciente. Não temos como fechar diagnóstico à distância. É preciso se fazer exames e cópias da sua boca em modelos de gesso para estudar bem antes de executar qualquer procedimento.

 

Dúvidas? Envie-nos uma mensagem pelo WhatsApp

Informações sobre lentes de contato dentais para estudantes de odontologia

Em um contato interpessoal, os primeiros aspectos notados são o sorriso e o olhar. Hoje em dia há grande valorização da aparência, tanto para o meio profissional, quanto para meio social (como a preocupação da imagem em redes sociais, por exemplo).

Como um dos principais componentes de uma boa aparência, as pessoas tem visado aperfeiçoamento do sorriso em busca de um sorriso harmônico e agradável. O sorriso estético é composto por uma série de fatores que envolvem harmonização, função e sublimidade.

Os padrões de beleza impostos estão cada vez mais exigentes e impõem sorrisos brancos, alinhados, livre de desgastes ou qualquer tipo de ocorrências passadas como traumas, anormalidades ocasionais, alterações de cor ou forma, ausência de quaisquer tipos de vestígios de cáries e posição incorreta de dentes anteriores.
Porém, sempre devem ser considerados os aspectos individuais e as particularidades do indivíduo para obtenção do sorriso estético desejado que seja harmônico, compatível com o aspecto facial como um todo e, principalmente, não devemos esquecer as funções estomatognáticas (funções dos arcos dentários na mastigação, suas inter-relações e equilíbrio dos ossos, músculos da mastigação e articulações).

Com o avanço dos procedimentos e materiais odontológicos, os procedimentos se tornam cada vez mais estéticos e minimamente invasivos. As lentes de contatos cerâmicas são um exemplo na área de inovações da odontologia. Este procedimento é muito procurado para o conserto de imperfeições, manchas e pequenas giroversões, cumprindo e, na maioria das vezes, excedendo as expectativas estéticas do paciente.

As situações mais indicadas para o uso de lentes de contatos cerâmicas são: dentes resistentes ao clareamento, dentes conóides, diastemas (espaço entre os dentes anteriores), microdontia e, caso haja necessidade, aumento no comprimento incisal.

Diastema (espaço entre os dentes anteriores)

Diastema espaço entre os dentes anteriores

São também chamadas de facetas laminadas, facetas de porcelana, lâminas de porcelana ou laminados cerâmicos.
Surgiu por volta dos anos 80, teve a sua evolução tanto devido à melhoria dos materiais cerâmicos como dos cimentos adesivos e hoje apresenta elevadíssimos índices de sucesso.

Com os matérias cerâmicos de hoje, é possível realizar trabalhos com espessuras mínimas, a partir de 0,3mm, porém, o que define a espessura é a quantidade de tecido que se precisa cobrir, quer seja para corrigir uma cor escura ou um dente manchado, quer seja para corrigir um mal posicionamento dental.

O material cerâmico apresenta varias vantagens restauradoras, além de características semelhantes a resinas convencionais (como a adesão). Mantém a cor estável, são altamente resistentes, proporcionam maior lisura superficial e dificultam a abrasão, conferem baixo acúmulo de placa bacteriana além de possuírem propriedades visuais semelhantes ao esmalte dentário. É um excelente material para realizar reabilitação estética.
Com uma técnica precisa e bem empregada o resultado obtido é realizado com mínima remoção de tecido dental e, em alguns casos, o desgaste nem é necessário.

Para isso é necessário que haja conhecimento do material utilizado, tecido dentário aplicado (esmalte ou dentina), do sistema adesivo e de cimentação. Através disso haverá maior longevidade da união entre material e tecido dentário e conservação do elemento dental.

As necessidades estéticas devem estar em equilíbrio com as características individuais do paciente, por exemplo, observar o contorno dos lábios, uma linha imaginária que passa pelos bordos incisais e pontas de cúspides devem ser paralelas com a linha do lábio inferior. Também não devem ser espessas para não abrir o corredor bucal e não deixar o trabalho com aspecto de artificialidade.

Para um preparo de sucesso que seja conservador é necessário planejamento, guias de referência estética e atenção a todos os detalhes do caso. Para que assim o haja uma previsão do resultado final, integrando e conquistando a confiança do paciente.

Quando existe a necessidade de desgaste para a confecção das lentes de contato dentais, um provisório deve ser feito. Ele é confeccionado fazendo-se um enceramento de diagnóstico que é envolvido por uma muralha de silicone e esta é usada na boca com uma resina bisacrílica que completará a forma faltante do dente e proverá ao paciente uma condição de convivência social até que as lentes fiquem prontas.

 

Provisório-para-lentes-de-contato-dentais.

 

Materiais utilizados para a cimentação das lentes de contato dentais

 

Os materiais utilizados para a cimentação das lentes de contato dentais são: ácido fluorídrico, silano, adesivo e cimento resinoso.

 

Materiais-utilizados-para-a-cimentação-da-lente-de-contato-dental

 

Comentários no Facebook